Massas Coloridas e Deliciosas

Além de divertidas, normalmente as massas coloridas são nutritivas. Isso porque são feitas COM INGREDIENTES EXTRAS ADICIONADOS  À MISTURA BÁSICA de farinha e ovos, em alguns casos, esses ingredientes são naturais.

Verde – Geralmente é feita com adição de espinafre.

Vermelha – Leva beterraba ou extrato de tomate.

Laranja – Pode ser com tomate seco ou cenoura.

Amarela – Neste caso, usa-se açafrão.

Preta – O que dá cor é a tinta de lula.

Massa Engorda?

A massa tem fama de ser um alimento que engorda, já que é basicamente composta por carboidratos.

Mas o fato é que, embora 100 gramas de macarrão cozido tenham mais de 150 calorias, cada pessoa tem uma necessidade calórica diferente e, por isso, a massa não pode ser considerada, por si só, uma vilã.

Além disso, o molho que acompanha o prato também influencia no valor energético da receita. Isso significa que é possível preparar receitas leves e pouco calóricas.

Vale lembrar que a massa oferece benefícios para o nosso organismo: fornece energia para atividades físicas; contém nutrientes importantes como vitaminas, zinco e ferro; é rica em fibras e pobre em gorduras.

massa

Al Dente

O termo al dente, comumente usado em receitas de massas, é o ponto de cozimento que, segundo os italianos, é o ideal.

Al dente significa cozido, porém firme à mordida, ou seja, a massa ainda tem uma certa resistência – não está dura e nem macia demais.

O tempo exato para se obter essa textura pode variar de acordo com o tipo e a espessura da massa.

A dica é respeitar o tempo de cozimento indicado na embalagem, mas também é possível provar um pedaço depois de alguns minutos na panela para verificar se está no ponto ideal.

Em muitas receitas, a massa retorna ao fogo na hora de agregar o molho e, nesses casos, o ponto al dente faz muita diferença, já que evita que ela fique empapada ou grudenta.

Muita Massa

Segundo levantamento feito por um fabricante de massas, a Itália é, de longe, o país que mais come o produto no mundo: o consumo pessoal ultrapassa a marca dos 23 quilos por ano.

É de lá também que vem a maior parte da massa consumida no planeta – segundo a pesquisa, um em cada quatro pratos é fabricado no país. 

Assim como no Brasil, na Itália o macarrão é a massa preferida.

Já nos Estados Unidos, que também figuram entre os maiores consumidores do mundo, a preferência é pela pizza.

Na China, o eleito é o noodle, também conhecido como “fita”, e os japoneses optam pelo ramen.

A Escolha da Massa e do Molho

Existem mais de 600 tipos e formatos de massa catalogados na Itália. No Brasil, são aproximadamente 40. A escolha certa está diretamente relacionada ao preparo e ao molho que será usado na receita:

 

O que é Grano Duro?

A massa tipo grano duro é feita com uma variedade específica de trigo chamada Tricutum Durum, produzida quase exclusivamente na Itália. Isso porque o clima italiano é perfeito para o cultivo, o que não acontece no Brasil, por exemplo. Por isso, as massas grano duro são, normalmente, importadas.

O grano duro tem uma espessura mais rígida e consistente por conter mais glúten em sua composição. Além disso, o seu processo de moagem é mais brando, o que preserva a maioria de seus nutrientes. Esse tipo é o que fica melhor al dente e o resultado é uma massa firme, que não gruda e adere melhor a vários tipos de molhos. 

As massas longas (espaguete, talharim e fetuccine, por exemplo) aderem melhor aos molhos líquidos, como sugo, pesto e bolonhesa.

Perfeita para a Primavera

Uma boa salada de macarrão com legumes tem tudo a ver com a estação das flores. E que tal uma salada à primavera? Parece perfeito, certo? A receita é colorida, saborosa, simples e fácil de fazer. Em uma tigela, junte macarrão-parafuso cozido com azeite, muçarela picada em cubos, ervilhas frescas, azeitonas pretas, pimentões amarelos, cebola roxa, salsa e orégano, tempere com sal e pimenta-do-reino, leve à geladeira por pelo menos duas horas e estará pronta.

Se quiser variar, adicione presunto picado, atum, milho-verde, cenoura e tomate cru. A melhor parte é que a salada da primavera fica pronta em poucos minutos e você pode fazer com antecedência. Assim, na hora do almoço, basta tirar da geladeira e levar à mesa para agradar até aos paladares mais exigentes.

Crédito | Fotos Shutterstock