Vilza Maria Lohn e suas receitas que acompanham gerações

“Quando você for preparar as receitas de nossa revista, lembre-se de acrescentar um ingrediente muito especial: amor.” Este é um dos ensinamentos deixados por Vilza Lohn, que, ao lado do marido, Vidal Lohn, criou a rede de supermercados Imperatriz, em 1974. O exemplo da mãe generosa e cozinheira de mão cheia agora é passado pelos 11 filhos e filhas a outras gerações. Um pouco dessa história é o que você vai conhecer a seguir, a partir das lembranças de uma delas, Rita Lohn.  

“A maioria dos ingredientes era da nossa horta e os filhos colhiam e levavam para a mãe”, lembra. “A lenha para o forno de rua e para o fogão também era trazida por nós. Quando íamos ao mato, a mãe preparava sanduíche, bolo e café para o lanche. Era um ato de amor”, conta. As filhas batiam as massas dos bolos e Dona Vilza, a do pão. Tudo à mão. 

Aos sábados, o pai pegava a galinha no pátio e a mãe limpava. Era o prato principal de domingo. Para acompanhar, tinha a massa caseira feita de forma muito simples — com ovos, farinha de trigo e sal —, a polenta e os deliciosos bolinhos de alface. De sobremesa, o tentador bolo 3×3. “Nós bem que tentávamos pegar antes, mas ela guardava bem em gavetas na parte de baixo da mesa. E só liberava na hora certa, sempre cuidando de nossa boa alimentação”, recorda Rita.

A Família Lohn

Vidal e Vilza Lohn deram origem a uma família de quase oitenta pessoas, entre netos, bisnetos, noras e genros. “E não tem um que não goste desse bolo. Meu filho, que mora em Londres, faz questão que um pote com o doce seja incluído na bagagem de algum tio que passe por lá”, diverte-se. “Como diz meu neto, é o bolo do amor”, comenta.

O legado deixado por Vidal Lohn, que viveu até 1985, e Vilza Lohn, falecida em janeiro deste ano, aos 92 anos, foi sobretudo o cuidado com a família. A hora da refeição, por exemplo, era sagrada, com harmonia e nada de conversas sobre trabalho, como ensinou o pai, que costumava presentear as filhas com flores. Já a mãe, zelosa, fazia os pratos de acordo com o gosto de cada um. “Era uma mesa farta, sobretudo de amor”, reforça Rita.

Lembrar da história familiar, diz Rita, traz de volta sabores e cheiros: “E ainda bem que passamos muitas receitas da mãe para o papel, pois ela fazia tudo de cabeça”. Isso foi feito quando Dona Vilza estava com 80 anos, no livro A comida mais gostosa do mundo, publicado por iniciativa dos filhos, que selecionaram os pratos de que mais gostavam. 

“Assim, vamos passando para as gerações futuras essa essência afetiva, que faz toda a diferença na culinária. Parte do que comemos vai fora, mas o amor alimenta por muito tempo”, ensina. E, emocionada, Rita fala como em uma conversa com Dona Vilza: “Se hoje estou aqui fazendo esta comida, tu me ensinou, e agora posso repassar para que todos saibam o que é uma comida de mãe”.

 

Galinhada, massa caseira. polenta e bolinho de alface são algumas das delícias que fazem parte do legado gastronômico da matriarca.

 

“Se hoje estou aqui fazendo esta comida, tu me ensinou, e agora posso repassar para que todos saibam o que é uma comida de mãe”

 

Confira aqui a entrevista completa com Rita, que fala mais sobre o legado gastronômico da mãe. 


Receitas da Dona Vilza

Em 2010, o lançamento do livro A Comida Mais Gostosa do Mundo registrou as receitas da matriarca da família Lohn. Confira algumas dessas delícias, exatamente como foram publicadas pela família em homenagem aos seus 80 anos.

Massa Caseira

Ingredientes

  3 ou 4 ovos

  Sal a gosto

  Farinha de trigo

Preparo 

Quebre os ovos um a um. Numa bacia, bata os ovos com uma pitada de sal. Vá acrescentando farinha de trigo aos poucos, até que a massa fique em ponto de cortar.

Corte a massa em 4 pedaços. Abra cada pedaço com um rolo de macarrão até uma espessura fina.

Espalhe um pouco de farinha de trigo sobre a bancada e sobre a massa. Enrole a massa como um rocambole e corte em fatias fininhas de 3 mm para fazer os fios da massa.

Com os dedos, solte os fios e espalhe-os sobre uma mesa.

Aqueça uma panela grande com água, 4 colheres de sopa de óleo, 2 cubinhos de caldo de galinha e sal. Quando estiver fervendo, junte a massa.

Cozinhe até ficar macio, escorra e sirva com o molho da sua preferência.

Confira aqui o passo a passo da receita. 


Galinha Caipira Ensopada

Ingredientes

  1 galinha velha cortada em pedaços médios

  Sal a gosto

  2 dentes de alho picados

  Óleo de soja

  2 tomates picados

  2 cebolas picadas

  ½ xícara (chá) de cebolinha verde

  ½ colher (sopa) de colorau

Preparo 

Salgue os pedaços de galinha e tempere-os com o alho picado. Num tacho, aqueça um pouco de óleo de soja. Quando estiver bem quente, coloque os pedaços de galinha e vá fritando aos poucos, até começarem a dourar.

Junte a cebolinha, o colorau, a cebola e o tomate e refogue junto com a galinha.

Vá acrescentando um pouco de água de vez em quando, ajudando a formar um molho. Quando a galinha estiver cozida, desligue. Sirva os pedaços de galinha com molho e massa caseira.

 Confira aqui o passo a passo da receita. 

 

Bolinho de Alface

Ingredientes

  6 folhas de alface lavadas e escorridas

  ½ cebola de cabeça

  ½ tomate

  ½ xícara (chá) de salsinha picada

  ½ xícara (chá) de cebolinha verde picada

  1 pitada de pimenta-do-reino moída

  1 pitada de cominho moído

  2 ovos inteiros

  ½ xícara (chá) de farinha de trigo

  Sal a gosto

  Óleo de soja pra fritar

Preparo 

Corte a alface em tirinhas fininhas e curtas; a cebola de cabeça e o tomate em cubinhos. Coloque em uma tigela e misture a salsinha, a cebolinha, a pimenta-do-reino e o cominho. À parte, quebre os ovos, um a um. Bata-os com uma pitada de sal, até ficarem leves. Misture os ovos à alface picada. Acrescente a farinha de trigo aos poucos.

Leve uma frigideira ao fogo médio com pouco óleo. Quando estiver aquecido, coloque uma colherada de massa do bolinho. Vire o bolinho. Retire da frigideira quando estiver dourado dos dois lados e deixe sobre papel-toalha. Repita a operação até terminar a massa. Sirva quente.

Importante: o bolinho deve ficar clarinho e chatinho, como um bolinho de banana.

 Confira o passo a passo da receita.


Polenta

Ingredientes

  10 espigas de milho

  Água fervente

  Sal

  Açúcar a gosto

Preparo 

Tire a palha e rale as espigas de milho. Coloque o milho ralado em uma panela, com uma pitada de sal, açúcar e um pouco de água fervendo. Abaixe o fogo e vá cozinhando até começar a soltar da panela. Se precisar, junte mais água para ficar macia. Coloque a massa em um refratário e sirva, acompanhada de nata, queijo ou molho de galinha.

Confira o passo a passo da receita. 

 

Bolo 3 x 3

Ingredientes

  3 colheres (sopa) de margarina

  3 xícaras (chá) rasas de açúcar 

  3 gemas

  3 claras

  1 xícara (chá) de leite

  3 xícaras (chá) de farinha de trigo

  1 colher (sopa) de fermento em pó

  1 colher (sobremesa) de achocolatado

Preparo 

Na batedeira, bata o açúcar com a manteiga e as gemas até obter um creme clarinho. Tire da batedeira e misture aos poucos o leite e a farinha de trigo com uma espátula. Junte a clara em neve e acrescente o fermento em pó. Separe três colheres (sopa) da massa e acrescente o achocolatado. Unte com banha e enfarinhe uma fôrma redonda grande de furo e despeje metade da massa. Adicione a mistura com o achocolatado por cima e então o restante da massa. Leve ao forno médio. Quando começar a dourar, abaixe a temperatura. Para ver se está assado, espete um palito. Se sair limpo, estará pronto. Quando estiver assado, retire do forno e deixe esfriar. Desenforme e sirva.

Confira o passo a passo da receita. 

Crédito | Fotos Divulgação Imperatriz