Café, Nosso Queridinho das Manhãs

Se tem um produto brasileiro que se destaca mundo afora é o café

Mais recentes

Café e seu consumo 

café

Segundo a Organização Internacional do Café (OIC), em 1991 foram consumidas cerca de 90 milhões de sacas de 60 kg de café no mundo. Entre 2020 e 2021, no entanto, o consumo global ultrapassou 167 milhões de sacas. Só no Brasil, segundo país que mais consome a iguaria no mundo, foram 21,5 milhões de sacas consumidas em 2021, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic). Há estimativas de que, nos próximos anos, a tendência de aumento do consumo continue.

Produção em alta

O Brasil é o maior produtor e o maior exportador global de café e anualmente envia mais de 40 milhões de sacas de 60 kg para outros países. Ao todo, 1,82 milhão de hectares são destinados à produção do grão, o que representa 3,2% do território nacional. Socialmente, o café tem um papel importantíssimo. Isso porque, de acordo com dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), dos cerca de 300 mil estabelecimentos brasileiros que produzem café, em 17 estados, 70% são classificados como agricultura familiar.

Café com leite

Um dos melhores cafés do mundo

Que o brasileiro ama café não é novidade para ninguém. O que nem todo mundo sabe é que o café brasileiro é considerado um dos melhores do mundo. Em 2022, ficamos entre os nove finalistas do Prêmio Internacional do Café Ernesto Illy, que avalia o produto de acordo com a sua atenção à qualidade sustentável. Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná são os principais produtores do país.

Café em grãos

Muita ou pouca cafeína?

De acordo com a forma de preparo do café, a quantidade de cafeína presente em uma xícara pode variar bastante. Além disso, o tipo de grão também influencia no resultado final. Em termos gerais, a cada 150 ml da bebida pronta, a quantidade de cafeína é a seguinte:

Tipos de Cafeína

Bom para a saúde

O café oferece vários benefícios para o nosso organismo. Veja alguns:

  • Ajuda a reduzir o risco de doenças como diabetes tipo 2, hepatite e alguns tipos de câncer.
  • Estimula o sistema nervoso central e melhora o humor, auxiliando no combate à depressão.
  • Aumenta o gasto energético e a queima de gordura corporal, favorecendo, portanto, o emagrecimento.
  • Melhora o desempenho físico, reduzindo a sensação de cansaço e dor durante os exercícios.
  • Combate a prisão de ventre, estimulando a eliminação das fezes, graças ao seu efeito laxante.
  • Tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, melhorando a circulação sanguínea.

Mapa

Fatos curiosos 

  • Todo o café do mundo vem do “Cinturão do Café”, entre os trópicos de Câncer e Capricórnio. 
  • Uma xícara de café possui zero caloria.
  • Na verdade, o café é uma cereja. De seu interior é que vêm os grãos.
  • O cappuccino foi inventado por um monge franciscano da ordem Capuchina.
  • O tipo arábica representa 70% da produção mundial.

 

civetas

Não Parece, mas é gourmet

Pode parecer inacreditável, mas o café mais caro do mundo é extraído das fezes de pequenos mamíferos de hábitos noturnos conhecidos como civetas. O Lopi Luwak tem sabor e aroma únicos e, para atingir o ponto ideal, passa por um processo de preparação bem inusitado: antes da torra, os grãos são ingeridos e processados pelo intestino das civetas. A produção, que em sua maior parte vem da Indonésia, é bastante limitada e, por isso, o quilo da iguaria pode chegar a custar mil dólares (em grãos). Por isso, o Lopi Luwak só é encontrado em cafeterias gourmet.

No entanto, existem alguns outros cafés exóticos que utilizam o mesmo método – mas com animais diferentes, como pássaros e macacos.  No Brasil, é mais comum encontrarmos o café colhido a partir das fezes do Jacu, uma ave silvestre de grande porte que também se alimenta de grãos de café.

Crédito | Fotos Shuttertock

Recomendados para você