Margarita, Um Drink para a Primavera

A margarita é o drink perfeito para os dias mais quentes da primavera

Mais recentes

Refrescante e Cítrica

Embora não seja um coquetel antigo, a margarita já é considerada um verdadeiro clássico em bares e festas. A tradicional bebida mexicana, criada provavelmente entre as décadas de 1930 e 1940, leva basicamente tequila, sal, açúcar, limão e cointreau (licor de laranja).

Apesar de ser uma bebida com alto teor alcoólico, é refrescante e cítrica. Por isso, combina com o nosso clima tropical e com a primavera.

Margarita

O sal vai na borda do copo e, além de dar um toque salgado que combina perfeitamente com a tequila, tem uma função: equilibrar os sabores doces e cítricos.

Para criar a borda salgada, utiliza-se um prato raso – antes de passar o copo no sal, no entanto, é preciso esfregar uma fatia de limão. Isso serve para umidificar a borda e facilitar a adesão. Apesar de fazer parte da receita original, há quem prefira margarita sem borda salgada.

A bebida tem algumas variações. No Brasil, por exemplo, é possível encontrá-la com cerveja – verdadeira paixão do brasileiro. Ela deve ser servida bem gelada. Existem, ainda, margaritas que levam frutas como melancia, maracujá ou morango e outras feitas com ingredientes inusitados, como pimenta, cacau e até purê de abóbora.

Margarita Clássica

Ingredientes

  – 50 ml de tequila (ou uma dose)

  – 30 ml de cointreau

  – 30 ml de suco natural de limão

  – Sal e gelo

Preparo 

Primeiro, prepare a taça passando uma fatia de limão na borda para umedecê-la e, então, passe sobre um prato raso com sal. Reserve.

Em uma coqueteleira, adicione a tequila, o cointreau, o suco de limão e bastante gelo. Chacoalhe bem para misturar os ingredientes e gelar a bebida.

Na hora de transferir o drink para o copo, coe para evitar que os grumos do limão deixem a margarita heterogênea.

Se quiser, finalize com um pouco de raspas de limão por cima (com cuidado para não ralar a parte branca, que dá amargor). 

O ideal é que a margarita seja servida na taça coupette, criada especialmente para isso. Ela tem uma boca larga e o bojo é dividido em duas partes, uma mais larga e outra mais estreita.

O formato da taça proporciona uma degustação equilibrada. 

Crédito | Fotos Shutterstock

Recomendados para você