Nas colinas da champagne

A região francesa é responsável pela produção do verdadeiro espumante e por um passeio que oferece sofisticação, beleza e boa gastronomia

Mais recentes

Colinas e vilarejos formam paisagens incríveis a menos de 150 km de Paris e são o destino de milhares de turistas de todas as partes do mundo. Mais do que um lugar bonito para contemplar, a região de Champagne, no nordeste da França, é responsável pela produção do verdadeiro espumante, feito com as uvas Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meunier.

É ali que algumas marcas famosas, como Moët & Chandon, Veuve Clicquot, Taittinger e Pommery produzem suas bebidas de alto valor. Por isso, destacam-se os roteiros de visita às vinícolas, uma experiência inesquecível para quem aprecia um bom vinho. 

Mas Champagne conta também com outros locais que merecem ser visitados, já que é uma área muito antiga e importante para a história da Europa. A região é de fácil acesso e tem uma boa estrutura de hotéis e restaurantes.

d

O CAMINHO QUE É PATRIMÔNIO DA UNESCO

Sem dúvidas, a Rota do Champagne é a atração mais famosa da região. Trata-se de um caminho cercado de vinhedos e vilarejos, que é tombado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco, tamanha sua importância. 

Ao todo, são 600 km de rota, que passam por 80 produtores, mas é possível escolher entre cinco itinerários diferentes. Em todos eles, a produção de Champagne e a cozinha local são as principais atrações. Há diferentes possibilidades para se conhecer a rota. Uma delas é ir até Reims partindo de trem de Paris e, de lá, alugar um carro ou usar serviços como táxi ou aplicativo. 

De Reims a Épernay, duas importantes cidades produtoras da região, 55 km formam um dos percursos mais famosos da Rota do Champagne.

REIMS, A “CAPITAL” DE CHAMPAGNE 

Ao longo de mais de mil anos, foram coroados 33 reis franceses na Catedral de Notre-Dame de Reims, que, por isso, ficou conhecida como a Cidade dos Reis. De estilo gótico, a igreja é impressionante, tal qual outras atrações existentes na capital não oficial de Champagne, e importante para a arquitetura europeia.

 Reims é uma das cidades mais antigas da França e, como pontos turísticos que valem a visita, além da Catedral, tem ainda a Basílica de Saint-Remi, o Palácio de Tau e outros museus, como o de Belas Artes, cujo acervo conta com obras de importantes movimentos franceses do século XVI ao XIX. Com palácios, casas e outras construções impressionantes, é impossível ficar indiferente à arquitetura da cidade.

 GASTRONOMIA

A gastronomia francesa é uma das mais apreciadas de todo o mundo, e Champagne também se vale dessa fama. Elegância é característica principal das iguarias, dos cafés, dos restaurantes e dos pratos servidos por ali. Há restaurantes sofisticados e internacionais. Mas há, ainda, produtos locais igualmente deliciosos.

b

Biscoito Champagne 

La Maison Fossier, em Reims, é a fábrica mais antiga da França e ainda usa a receita original para fazer o biscoito mundialmente famoso. Segundo a tradição, a maneira ideal de comer os biscoitos Champagne (que, na verdade, são cor-de-rosa) é mergulhando-os no espumante, pois eles não quebram quando umedecidos.

Presunto de Reims 

Considerado um dos melhores da França, o presunto é temperado com salsinha e noz-moscada. Nos restaurantes de lá, a iguaria está presente em diversos pratos, mas também aparece como aperitivo para acompanhar, claro, uma boa taça de espumante.

 

q

Queijos 

A produção de queijo também encontra lugar em Champagne. Um dos mais apreciados é o chaource, feito de leite de vaca e com textura cremosa. O langres é mais um queijo famoso da região e, tradicionalmente, é banhado com espumante para afirmar sua elegância e sofisticação. Harmonização perfeita.

 

c

Chocolates 

As trufas em formato de rolha produzidas em Reims são um clássico imperdível para quem vai a Champagne. A produção desses chocolates escuros recheados com licor Marc de Champagne data da década de 1950. Eles podem ser encontrados nas docerias e nas cafeterias da região e prometem uma experiência gastronômica única.

 

Crédito | Fotos Shutterstock

 

Recomendados para você